quinta-feira, 2 de junho de 2011

vamos marchar (contra todas as formas de violência e opressão contra a mulher)



você é feminista e também vai na marcha das vadias dizer que toda mulher tem que ser livre pra vestir o que quiser e se comportar do jeito que bem entender?

você acha que a marcha das vadias é uma ação feminista e que devemos fazer algo além de aparecer semi-nuas na av. paulista e na capa dos jornais do dia seguinte?

a fuzarca feminista, núcleo jovem da marcha mundial das mulheres, vai preparar uma intervenção especialmente pra marcha das vadias, que rola nesse sábado (04/06), às 14h, saindo da praça do ciclista (final da av. paulista, perto da rua da consolação) . 

vamos fazer cartazes (contra todas as formas de violência e opressão contra a mulher) e outras coisas que nossa criatividade/ousadia feminista permitir.  estão todas convidadas. =) 

quando? amanhã - 03/06, às 19h
onde? na sof (rua ministro costa e silva, 36. é uma travessinha da rua mourato coelho, em pinheiros/sp)

se você está meio por fora e não sabe direito do que estamos falando, entenda direitinho aqui:
#marchadasvadias 
#feminismo

"get off the internet / i´ll meet you in the street" - le tigre

Um comentário:

yumehayashi disse...

Até hoje não entendi este negócio de marcha de vadias...se vocês lutam contra a mercantilização das mulheres por que são a favor da mulher se auto-objetificar? Por que não uma passeata contra a hipersexualização das roupas femininas,algo que não se observa nas roupas masculinas? E par sermos livres sexualmente,precisamos nos reduzir á um corpo desfrutável?Por que não uma passeata contra a pornografia,que é o que incentiva os homens anos violentar? Ou afavor de uma moda que nos veja como seres-humanos e não como bonecas eróticas?

Isso para mim mais parece reforço de valores patriarcais,e vi estas paeeseata lá fora sendo criticada por feministas radicais lesbianas( dente elas,Gail Dines e Sheila Jeffreys).E no jornal mais pareceu um bloco de carnaval com garotas semi-nuas....ou seja,a coisa ficou caricaturada.